Carmina Burana é destaque da Orquestra Sinfônica em dezembro
Quinta, 13 de dezembro de 201813/12/2018
(61) 99814-9639
CIDADES
Carmina Burana é destaque da Orquestra Sinfônica em dezembro
Concertos em 17, 18 e 19 de dezembro apresentam a cantata cênica de Carl Orff, inspirada em poemas medievais
Ronaldo Martins Riacho FM - DF
Postada em 02/12/2018 ás 20h57
Carmina Burana é destaque da Orquestra Sinfônica em dezembro

A cantata cênica Carmina Burana, do compositor alemão Carl Orff, é destaque das apresentações da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro que serão apresentadas em dezembro.


Edição de arte/Agência Brasília
“É uma obra erudita popular com coro, orquestra, cantores e solistas”, explica o maestro titular Cláudio Cohen.


Composta inspirada em poemas medievais, a obra musical será exibida em três apresentações, nos dias 17, 18 e 19, com a participação do Coro Sinfônico Comunitário da Universidade de Brasília (UnB).


A cantata, produzida em 1937, é baseada na musicalização de 24 poemas do manuscrito Carmina Burana, em sua maioria dos séculos 11, 12, que exaltam temas picantes e irreverentes, como amor, sexo e bebida.


Outras apresentações da orquestra em dezembro
Na terça-feira (4), na Escola de Música de Brasília (602 Sul), a sinfônica abre a programação com o Concerto da Paz, homenagem ao fim das forças Armadas na Costa Rica. Integra o repertório a peça Corpo de Criança, que conta a história do menino sírio, de 3 anos, encontrado morto numa praia da Turquia depois que o bote em que estava com a família afundou. Eles tentavam chegar à Grécia após fugirem da guerra em seu país.


Em 11 de dezembro, a orquestra sobe ao palco do Cine Brasília para comemorar os 40 anos de estrada da dupla sertaneja Zé Mulato e Cassiano, que iniciou a carreira em Brasília. Fazem parte do programa canções como Meu Céu, O Homem e a Espingarda e Poesia não se Vende.


O Concerto de Natal, no dia 20, será a última apresentação do ano, no Teatro dos Bancários (314/315 Sul). Os músicos executarão: Sinfonia nº 5 (Ludwig van Beethoven), Suíte Quebra Nozes (Piotr Ilitch Tchaikovsky) e Passeio de Trenó e Christmas Festival (Leroy Andersen).


Todas as apresentações são gratuitas.



Recorde de apresentações
Cohen comemora o público de 60 mil pessoas em 2018. “Foi um ano de recorde de apresentações, com 90 concertos, contra 60 em 2017. O número aumentou devido ao projeto nos hospitais e os outros lugares públicos.”


Os repertórios foram diversificados, com música popular brasileira, canções infantis, rock n’roll, trilhas de cinema e clássicos eruditos de compositores nacionais e internacionais. Entre eles, Beethoven, Tchaikovsky, Schubert, Bach, Dvořák, Mozart, Mahler, Brahms, Stravinsky, Claudio Santoro e Villa-Lobos.


Formação de novos públicos
Para diversificar a atuação e se aproximar de novos públicos, a Orquestra Sinfônica apresentou concertos gratuitos ao ar livre, como o que ocorreu no Parque Ecológico Águas Claras, em abril, com cerca de 3 mil pessoas.


O projeto Concertos Didáticos contemplou mais de 2 mil crianças e adolescentes, em quatro apresentações no Cine Brasília. Durante as apresentações, estudantes de escolas públicas acompanharam o ensaio e conversaram com o maestro e músicos para aprender mais sobre os instrumentos e a música.


Em 2018, a parceria da Secretaria de Cultura com a Secretaria de Saúde lançou uma turnê por palcos diferentes dos tradicionais. A série Concertos da Saúde deve completar 20 apresentações até o fim do ano, em unidades da rede pública do Distrito Federal.


O projeto tem o objetivo de promover ações para democratização da cultura e atividade terapêutica. Esta tem a proposta de contribuir para amenizar a tensão e o estresse característicos dos ambientes hospitalares.


EDIÇÃO: MARCELA ROCHA


 

FONTE: DA AGÊNCIA BRASÍLIA
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô: